Galeria VIP Só Fotos

Lupercio Abatti

Financeiro

Cristiano Brasil

Em foco

Tânia Duarte

Espaço VIP

Vivi Felisbino Ramos

Colunista

Cristiano Brasil
Financeiro
Cristiano Brasil
Financeiro

 

Educação Financeira para Crianças

 

 

 

 

O importante é começar e quanto mais cedo, melhor.


        Então não perca mais tempo!! Ensine seu filho a poupar. Comece dando a ele de presente um Porquinho para que guarde suas moedinhas. Se ele já está na idade, acima de 5 anos, você já pode começar a ensiná-lo a ser um Consumidor Responsável, lhe dando uma mesada ou ainda uma semanada, de acordo com sua idade.

 

        Em outras palavras, se seu filho tem de 5 a 8 anos, você pode começar a dar uma semanada, pois nesta idade 30 dias é muito tempo para uma criança. Comece com valores pequenos e estimule a guardar uma parte desta semanada no "porquinho". Pegue um calendário e estabeleça junto de seu filho, um dia certo para dar a mesada, digamos todos os sábados. Esclareça a ele, que você não pode e não terá mais dinheiro, caso ele gaste tudo antes do próximo sábado. Isso é muito importante, manter uma certa rigidez, porque se você uma vez que seja, der mais dinheiro, você está enviando ao subconsciente de seu filho: "Posso gastar tudo de uma vez, porque se faltar, alguém vai me financiar". E por incrível que pareça, isso se perpetua até a idade adulta. E muitas vezes pode resultar na ruína financeira desta pessoa.

 

        Na fase adulta, ele vai se financiar no Banco, com empréstimos, cartão de crédito e limite do cheque especial.

        Outra coisa importante: Não dê notas altas para seu filho (100 Reais, 50 Reais, 20 Reais). Pois as crianças não olham o valor de face do dinheiro, mas sim a quantidade de notas que possui. Então se você pretende dar ao seu filho R$ 50,00, dê tudo em notas pequenas, de R$ 2 ou no máximo de R$ 5,00. Porque senão você pode ouvir a seguinte frase do seu filho: "Pai, sai com um dinheiro (uma nota de R$ 50,00), comprei figurinhas, 1 picolé e uma revistinha e voltei com um montão de dinheiro !! (várias notas, resultantes do troco).

 

        Quando acontece isso, a mensagem que foi enviada ao subconsciente de seu filho foi: "Quanto mais eu compro, mais dinheiro eu tenho para gastar". E isso pode fazer seu filho se transformar num adulto com problemas financeiros, com problemas de compras compulsivas e um adulto que adora entrar em dívidas!

 

        Na medida que seu filho vai crescendo, o dinheiro pode ser dado quinzenalmente ou mensalmente.

 

Já sabe como fazer, agora só falta agir.

 

        Faça de seu filho, um adulto consciente financeiramente lá no futuro! Isso está nas suas mãos hoje!

 

Até a próxima semana.

 

* Os textos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva de seus autores!
Revista Online
Jornal Online