Prefeito de Maracajá é recebido na Câmara de Araranguá

 

Prefeito de Maracajá é recebido na Câmara de Araranguá

Região

Conforme agendado no final de Fevereiro pelo presidente da Câmara de Vereadores de Araranguá, Daniel Viriato Afonso, o prefeito de Maracajá, Arlindo Rocha, participou da primeira sessão de março, realizada na segunda, 03. O objetivo de Arlindo ser ouvindo em plenário pelos vereadores foi justificar a sua decisão de decretar a proibição da circulação de veículos pesados nas estradas que cortam as comunidades de Encruzo do Barro Vermelho e Espigão da Toca. A decisão afeta também as comunidades locais.

O prefeito do município vizinho aproveitou, inclusive, para defender sua honra, sob a alegação que na última sessão de fevereiro, dia 19, foi injuriado pelo vereador araranguaense, Pedro Paulo Souza, que no uso da palavra livre discordou da decisão sobre a portaria questionando a sua sanidade. “Meu sonho sempre foi ser prefeito e contribuir com minha cidade, não concordo com as alegações do vereador, Paulinho. Me sinto ofendido mas espero que os homens públicos sejam mais mansos de coração e pensem no bem das pessoas”, disse.

Em resposta, o vereador, Paulinho, disse que é importante as autoridades araranguaenses defenderem os interesses locais. “Eu fiz a crítica ao prefeito de Maracajá e defendo nesta questão a proteção às empresas aqui instaladas, como é o caso da mineradora prejudicada com o decreto”, manifestou. Os demais vereadores também debateram na palavra livre a respeito do assunto e reconheceram a necessidade de intermediarem as negociações.

Ao final, o presidente da casa, Daniel Viriato Afonso, se comprometeu em debater o assunto. “Vamos agendar uma conversa com todos os envolvidos para tentar resolver a situação o quanto antes convocando sindicatos, a empresa e a administração de Maracajá”.

Colaboração: Morgana Daniel

Você pode gostar

Open chat